0800 940 2377 - (31) 3490 3100 - (31) 3439 8000 assinaturas@olutador.org.br
A tentação da Igreja Participação ativa Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as) Chamados para uma missão Comitê de Bacia investe em saneamento

A tentação da Igreja

Carlos Scheid

Uma rápida varredura na História da Igreja permite identificar a tentação permanente que ronda o “pessoal da Igreja” – expressão de Jacques Maritain – quando a missão parece difícil, as barreiras se multiplicam e a solução aparente est…

Leia Mais

Participação ativa

Um dos princípios orientadores da reforma litúrgica do Concílio Vaticano II foi o da “participação ativa”, como lemos no número 14 da Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium [SC]: “É desejo ardente na mãe Igreja que todos os fiéis cheguem à…

Leia Mais

Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as)

O EMM nos dá um presente, que é viver o FDS, um verdadeiro encontro consigo, com o outro e com Deus, que nos mostra o caminho para a conversão com mudanças de atitudes, a escuta com o coração e com a decisão de amar sempre. Isto tem sido um porto seg…

Leia Mais

Chamados para uma missão

João da Silva Resende, SDN*

 

“Eu te segurei pela mão, te formei e te destinei para unir meu povo e ser luz das nações. Para abrir os olhos aos cegos, tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão os que moram nas trevas.” (Is 42,6-7.) Assim …

Leia Mais

Comitê de Bacia investe em saneamento

CBH-Manhuaçu conclui 16 Planos Municipais e agora acompanha sua implantação.

Passam-se os anos, trocam-se governos, novas políticas públicas são anunciadas e o saneamento básico segue um descalabro no Brasil. Embora seja um direito previsto na Const…

Leia Mais

Roteiros para catequese

Ir. Mª Martha Johanning, Sirlei Maria Cichelero – Sinop, MT (adaptação). Imagens: FANO

 

  1. 1. Jesus Caminho, Verdade e Vida

Objetivo: Incentivar para assumir o caminho da verdade e da vida plena, que é Jesus.

Material: Bíblia, quebra-cabeça (ver dinâmica), faixa (ver mensagem): “Jesus é o caminho certo, a verdade pura e a vida plena”.

 

  1. VER (A realidade nos ensina)

Dinâmica: Escrever as palavras: Caminho, o, a, Verdade, a, vê, Eu, Vida, e, Pai, me, Quem, vê, o, sou. Depois, pedir às crianças que montem as frases: A: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. B: Quem me vê, vê o Pai.

 

Experiência de Vida

Vamos imaginar que somos convidados para uma festa. Cada um dos convidados recebe, junto com o convite, um mapa de como chegar ao local da festa. Para chegar lá, é preciso andar, tomar condução, olhar os nomes das ruas, perguntar a alguém para ter certeza de que está no rumo certo. Mas as pessoas vão ajudando a achar o caminho.

 

  1. ILUMINAR (Ensinamentos de Jesus)

Canto: Escolher

Palavra de Deus: Ler João 14, 1-12, pronunciando bem as palavras, em voz alta, repetindo sempre as falas de Jesus.

 

Perguntar:

  1. a) O que Jesus promete para aqueles que creem nele?
  2. b) Como podemos saber se estamos no caminho que leva ao Pai?
  3. c) Como podemos conhecer a verdade que Jesus ensinou?
  4. d) Para viver a vida, o cristão faz o quê?
  5. e) Quem é o caminho, a verdade e a vida?

 

Para refletir

Para andarmos de um lugar para o outro, precisamos de uma estrada. Há estradas cheias de buracos, estradas com curvas perigosas, estradas planas e boas de andar. Para chegarmos à felicidade plena com o Pai, precisamos de uma estrada, de um caminho: Jesus.

Jesus disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. (Mostrar a faixa).

Jesus é o Caminho que leva a Deus Pai. O caminho que nos leva ao Pai é aceitar Jesus e viver o que ele ensinou, e agir como ele agiu. Isto é: amar a Deus e aos irmãos.

Jesus é a verdade. Ele ensinou a verdade que vem do Pai. Quem conhece o que Jesus disse e fez, conhece esta verdade.

Jesus é vida. Quem vive o que Jesus ensinou e fez, crê nele. E quem crê tem a vida, isto é: Jesus. A vida vale mais do que qualquer riqueza. A lei que respeita a vida com amor, doação, partilha e justiça tem valor. Mostrar a faixa: “Jesus é o Caminho certo, a Verdade pura, a Vida plena”.

SENHOR ANO A

Para guardar no coração: “Jesus é o Caminho certo, a Verdade pura, a Vida plena.”

 

  1. CELEBRAR (com os ramos verdes nas mãos.)

Oração: – Silêncio para pensar e conversar individualmente com Deus. Se possível, colocar um fundo musical. Pode-se ouvir ou cantar: “Jesus Cristo me deixou inquieto…” Depois, cada participante comenta o que conversou com Deus.

Cantar:Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida…”

 

  1. AGIR (a realidade nos convoca para…)

Convidar para a catequese e para a missa ou celebração da comunidade, amiguinhos que ainda não participam.

 

Final:

Terminar formando um círculo e rezar um Pai-Nosso e uma Ave-Maria de mãos dadas.

 

 

  1. Jesus continua no meio de nós

Objetivo: Perceber que o Espírito Santo anima e sustenta a nossa caminhada e nossa comunidade.

Material: Bíblia, bandeirinha e vaso (conforme a dinâmica), canetas, gravuras de mãe com criança no colo, coração grande em cartolina.

 

  1. VER (a realidade nos ensina)

Dinâmica: Para cada participante, recortar uma bandeirinha e colar num espetinho de 15 cm. Escrever num lado: Amar é… e no outro: Confiar é… Distribuir aos catequizandos para completarem as frases. Cada um leia para os colegas e coloque num vaso, perto da Bíblia que é colocada em lugar de destaque.

Experiência de Vida:

Mostrar uma gravura de Mãe com criança no colo e dialogar sobre o que é amar e que é confiar. Pode-se contar outras experiências que demonstrem a confiança.

 

  1. ILUMINAR (ensinamentos de Jesus)

Canto: escolher

Palavra de Deus: João 14, 15-21.

 

Perguntar:

  1. a) O que faz quem ama Jesus?
  2. b) Como conhecer o Espírito da Verdade?
  3. c) Vamos reler juntos o versículo 21, e ver o que Jesus disse sobre aquele que o ama.
  4. d) Que caminho segue o cristão que recebe o Espírito da Verdade?
  5. f) Como nosso grupo pode fazer ações semelhantes às que Jesus fez?

 

Para refletir

Hoje, Jesus nos fala no Evangelho que vai mandar o Espírito Santo, o Paráclito. No batismo recebemos o Espírito Santo. Ele é a força dos cristãos para enfrentar o mundo da mentira. O mundo da mentira se fecha no egoísmo, na corrupção, na violência, na vingança, no desânimo, no ódio.

O Espírito da verdade nos mostra o caminho da justiça, da igualdade, da fraternidade, da paz, da partilha, do perdão, da coragem e do amor. O cristão e a comunidade que seguem esse caminho vivem o amor e a confiança. O Espírito da Verdade que o Pai enviará é a força dos cristãos para enfrentarem o mundo da mentira. O Espírito da Verdade, morando no cristão, abre caminhos novos de justiça, igualdade, fraternidade, paz, partilha, perdão, coragem, amor.

 

Guardar no coração: “Seguir Jesus é viver o amor.”

 

  1. CELEBRAR

Oração: No círculo, colocar o coração, a Bíblia e o vaso com as bandeirinhas. Em silêncio, pensar: – quais as atitudes que eu quero cultivar no meu coração. Depois de um tempo, cada um pode escrever essa atitude no coração que está no centro. Depois, cantar juntos:

– Eu quero ter um coração bonito. Igual ao de Jesus, igual ao de Maria, igual ao de José (bis).

 

4 – AGIR (a realidade nos convoca para…)

Compromisso

O (a) catequista convida as crianças com as suas famílias a participarem juntas das celebrações na comunidade.

 

Final:

Rezar juntos Pai-Nosso e Ave-Maria. Terminar com um canto e um abraço de paz.

 


  1. Jesus está conosco

Objetivo: Ajudar a viver na certeza de que Jesus sempre está conosco.

Material: Bíblia, uma faixa com a frase: “Eis que estarei com vocês, todos os dias, até o fim do mundo.”

 

  1. VER (a realidade nos ensina)

Dinâmica: Combinar com alguns catequizandos para dramatizar: “Uma mãe precisa ser hospitalizada para fazer uma cirurgia”. Antes, deixa uma tarefa para cada um dos filhos e das filhas: O mais velho cuida dos menores, o outro faz o café, o outro varre a casa, todos vão à escola e fazem a lição de casa etc. Quando vão visitar a mãe, contam-lhe como tudo está acontecendo em casa.

 

Experiência de Vida

Refletir, destacando a mãe que continua na ação dos filhos, mesmos estando ausente.

 

  1. ILUMINAR (ensinamentos de Jesus)

Canto: Aleluia, Aleluia, Aleluia!

Palavra de Deus: Ler devagar e com clareza: Mateus 28,16-20.

 

Perguntar:

  1. a) Para onde foram os onze discípulos?
  2. b) Todos acreditaram em Jesus?
  3. c) Ao se aproximar, o que Jesus falou?
  4. d) O que Jesus pediu para os discípulos?
  5. e) Qual a promessa que Jesus faz aos discípulos?
  6. f) O que significa ser batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo?

 

Para refletir

A Ascensão é o ponto alto e decisivo da caminhada histórica de Jesus. Jesus nos ensinou, deu-nos vida, transfigurou-se na ressurreição e, enfim, voltou para o Pai. Jesus ressuscitado possui “toda autoridade no céu e sobre a terra” que recebeu do Pai. Com essa autoridade, ele envia os discípulos e todos nós pelo batismo: “Façam com que todos os povos se tornem meus discípulos”.

O que é ser batizado? Somos batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Isto significa que, pelo batismo o cristão fica plenamente comprometido com o Reino de Deus, que Jesus veio inaugurar neste mundo. A vida divina passa a animar a vida do batizado. O batizado é acolhido na Igreja, comunidade da qual se torna membro ativo e permanente da comunidade.

A catequese ajuda a entender melhor esse compromisso, a descobrir a verdade, a amar a Palavra de Deus e motiva para agir como Jesus agiu.

Jesus nos diz: “Eis que estarei com vocês, todos os dias, até o fim do mundo”. (Mostrar a faixa). Hoje é o domingo da Ascensão. Jesus partiu para encontrar-se com o Pai, mas permanece conosco para sempre.

 

Guardar no coração: “Somos batizados, membros do Corpo de Cristo.”

 

  1. CELEBRAR

Oração: Os participantes formam uma roda em volta da Bíblia aberta e cada um colocará sua mão sobre ela e rezará: (O (a) catequista fala e todos repetem).

– Pai, Filho e Espírito Santo, / dai-nos força para lutar / luz para enxergar, / sabedoria para crescer, / paciência para entender o irmão.

– Pai, Filho Espírito Santo, / sabemos que, pelo batismo, estais sempre conosco. / Por isso não desistimos / de viver o vosso amor tão maravilhoso. / Ficai conosco para sempre.

Em nome do Pai… Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria. Pedido de bênção.

 

4 – AGIR (a realidade nos convoca para…)

Compromisso

Conversar com os pais sobre o dia do seu batismo:

– Como foi o batismo?

– Quais as palavras centrais do batismo?

– O que é preciso fazer para ser batizado?

 

Final

Encerrar o encontro cantando: Pelo batismo recebi uma missão. / Vou trabalhar para o Reino do Senhor. / Vou anunciar o Evangelho para os povos. / Vou ser profeta, sacerdote, rei, pastor.

 

 

Deixe uma resposta