Variedades Extras
24/06/2019 Maria Raposo Freitas Edição Uma poesia: uma pouco da história do MOBON 40 anos a serviço da Evangelização
F/ Mobon
"E assim ajuntaram homens pobres, ricos, simples, analfabetos, bacharel. E por isso temos certeza De nossos nomes no céu. E agora vou encerrando minha literatura de cordel."

 

Maria Raposo Freitas

Um poema escrito por Maria Raposo Freitas, uma leiga da paróquia Nossa Senhora do Amparo, de Chalé, retoma a trajetória do Movimento da Boa Nova, o MOBON. Ela é agente da pastoral da saúde, ministra da Palavra e animadora dos Grupos de Reflexão da paróquia, atua há mais de 50 anos trabalha na evangelização como discípula missionária de Jesus. Intitulado “Os pioneiros”, o poema cita personagens importantes para o processo de evangelização na diocese de Caratinga, como monsenhor Raul Motta, padre Léssio, Alípio, João Resende, além dos bispos que passaram pela diocese, entre outros padres e leigos.

 

Dos Pioneiros ao Mobon*

Vou contar para vocês, uma história de verdade!

Começada com os pioneiros, homens de boa vontade.

Em nossa região, eles foram os primeiros,

Levando o Evangelho a todos os companheiros.

Mons. Raul, Pe. Léssio, Alípio e João Resende,

Falam de um jeito simples, que o povo compreende.

 

A missão é de paz, diz o profeta Isaías. (Is 52,7)

Entra no cenário Pe Geraldo Silva,

Amigo do povo simples, pioneiros preparou

Pra enfrentar protestante, que a Nossa Senhora atacou.

Tirou da humilhação, os católicos de fé,

Defendeu a Virgem Mãe e também a São José.

Criou o apostolado dos Pioneiros do Evangelho!

Conquistou o povo simples e também o nosso clero.

Os pioneiros afiados sabiam os textos de cor.

Pe. Geraldo pedia calma, pra desatar este nó!

 

Nasce o ecumenismo, Frei Carlos Mesters nos ajuda

Uma visão maior da Bíblia, com as Semanas Bíblicas

Pra nós foi apresentada! Foi assim dividida:

Evangelização, conversão, apostolado, vivência de comunidade.

Irmão ajudando irmão, mesmo sendo os “separados”.

Os debates foram grandes. Grande foi o aprendizado!

 

Essa equipe missionária começou com os cursinhos

Chamados: “Curso de Base” da “História da Salvação”.

E aí apareceram: o Alípio e o João,

Preparação de Semana Santa, Campanha da Fraternidade,

Curso de canto e encontros pra todos, de qualquer idade.

E devagar, atingiu o social, compromisso político apareceu

Na palavra do papa Paulo VI: Que a palavra praticada

É a maior caridade que o povo já viveu!

 

E junto com Pe Léssio fizemos a sede do MOBON

Que já tem 40 anos, De amor a Jesus Cristo!

E achando pouco, hoje foma eletricista.

Na casa do MOBON tem energia solar

que ajuda a natureza seus recursos preservar.

 

E a bíblia traz no fim, pelo Apocalipse, a solução

Vamos fazer acontecer nossa história de salvação!

João Resende nos acende com parábolas deste tempo

“Paca, tatu, cutia, não”, e viver sempre atento!

O Alípio chega e resolve com seu jeito de falar

É preciso que cada leigo ocupe o seu lugar.

São Paulo assim falou: Ai de mim se eu não anunciar.

Somos também enviados: Ide ao mundo Evangelizar!  (Mt 28,19)

 

João Resende e Alípio Marianos duplicou

pioneiros do evangelho esses dois é que formou!

E assim ajuntaram homens pobres, ricos, simples, analfabetos, bacharel.

E por isso temos certeza De nossos nomes no céu.

E agora vou encerrando minha literatura de cordel.

 

* Por ser longo, foram feitos cortes e pequenas adaptações. O texto integral encontra-se em: http://www.diocesecaratinga.org.br/poema-escrito-por-leiga-de-chale-relembra-a-trajetoria-do-mobon/

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS