Roteiros Pastorais Tudo em família
29/07/2019 Antônio Carlos Santini Edição 3914 Um cantinho do lar... TUDO EM FAMÍLIA (67)
F/ Pixabay

TUDO EM FAMÍLIA (67)

Um cantinho do lar...

  1. Coisas que acontecem

Aurélio, 17 anos, morava com os tios e fazia o pré-vestibular. Com a transferência do tio para outra cidade, não tinha mais onde ficar e decidiu voltar para casa, no interior do Estado. Quando fazia o pedido de transferência na secretaria do colégio, passou por ele um professor e percebeu a situação. Na hora do almoço, o professor sugeriu à esposa que oferecessem abrigo ao jovem até a ocasião do vestibular. Ela concordou.

No dia seguinte, Aurélio recebeu a oferta de hospitalidade e aceitou a proposta. Como a casa era pequena, foi alojado em um quartinho no fundo do quintal, construído como salão de cabeleireira para a esposa do professor.

Ao final do ano letivo, o jovem fez o vestibular e, aprovado, estudou medicina. Passados quase 30 anos, Dr. Aurélio sempre faz contato com seus antigos anfitriões, telefona no Natal e no dia dos pais.

  1. Pensando juntos

Na Exortação apostólica “Familiaris Consortio”, João Paulo II escreveu:

“As famílias cristãs, que na fé reconhecem todos os homens como filhos do Pai comum dos céus, irão generosamente ao encontro dos filhos das outras famílias, sustentando-os e amando-os não como estranhos, mas como membros da única família dos filhos de Deus.” (FC, 41)

“A família possui vínculos vitais e orgânicos com a sociedade, porque constitui o seu fundamento e alimento contínuo mediante o dever de serviço à vida: saem, de fato, da família os cidadãos e na família encontram a primeira escola daquelas virtudes sociais, que são a alma da vida e do desenvolvimento da mesma sociedade.

Assim por força da sua natureza e vocação, longe de fechar-se em si mesma, a família abre-se às outras famílias e à sociedade, assumindo a sua tarefa social.” (FC, 42)

  1. Para uma reunião de casais

- Como você avalia as atitudes do jovem Aurélio e da família que o acolheu?

- Em sua família, já ocorreu alguma situação semelhante? Quais foram os resultados da decisão?

- Você já tinha pensado na “tarefa social” de sua família? Este ensinamento da Igreja inspira a sua família?

- Em sua preparação para o matrimônio, esta possibilidade estava em seus planos?

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS