Variedades Assembleia Eclesial
21/11/2021 Luis Miguel Modino - Prensa CELAM Edição 3942 Segunda Pre-Assembleia Eclesial - Momento Especial
F/ By L M Modino
"Estamos diante de uma assembleia sem precedentes e histórica, como lembrou mais uma vez Dom Miguel Cabrejos. Segundo o presidente do Celam, da mesma forma que Medellín foi a recepção criativa do Concílio Vaticano II, esta assembleia quer contribuir para uma nova recepção do Concílio Vaticano II."

Apenas dois dias antes do início da Primeira Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, a segunda pré-assembleia foi realizada na sexta-feira 19 de novembro, como um teste final para um momento em que a diversidade de ministérios unidos pelo mesmo batismo e a mesma vocação à santidade se tornará visível, segundo Dom Jorge Lozano.

Estamos diante de uma assembleia sem precedentes e histórica, como lembrou mais uma vez Dom Miguel Cabrejos. Segundo o presidente do Celam, da mesma forma que Medellín foi a recepção criativa do Concílio Vaticano II, esta assembleia quer contribuir para uma nova recepção do Concílio Vaticano II. Esta Assembleia, segundo Dom Miguel Cabrejos, "inaugura um novo organismo sinodal em nível continental, pelo qual coloca a colegialidade episcopal no coração da sinodalidade eclesial".

Depois de rezar a oração da Assembleia, refletindo sobre o Documento para o discernimento, Ir. Liliana Franco afirmou que "mais que uma soma de temas e palavras, este documento é a cartografia com a qual o Espírito quer nos convidar a levantar o território". A presidenta da Confederação Latino-americana de Religiosos (CLAR), nos fez perceber que "não devemos ser um empecilho para o Espírito, para buscar a vontade de Deus nesta hora crítica de nossa história". Ela definiu o texto como "algo vivo, que tem voz, é um texto cheio de rostos", e também "um texto que nos fala da realidade".

A religiosa nos chamou a não sermos "convidados de adorno", mas "instrumentos através dos quais Deus pode manifestar sua vontade para a Igreja na América Latina e no Caribe". Junto com isto, a importância de preparar o coração, de "tecer juntos, sinodalmente", e de fazer da "contemplação da realidade o itinerário da abertura ao Espírito". É o Espírito de Aparecida que se faz presente, "para nos lembrar que somos discípulos missionários" e que "somos também o povo de Deus e somos chamados em espírito sinodal a sair em missão, precisamente nas periferias sociais e existenciais, onde a presença e o compromisso dos crentes é urgentemente necessário".

É necessário fazer uma opção pela escuta, o que nos ajuda a descobrir novas formas de relacionamento, segundo a Ir. Liliana. O Documento nos ajuda a descobrir que "a Igreja pertence a todos e é para todos, é habitada pela diversidade e é chamada ao diálogo". Desta forma, ela apresentou os temas presentes no Documento e as novas dinâmicas que devem surgir na Igreja, mas que já estão presentes em muitas esferas eclesiais. Deus está nos esperando nas entrelinhas do Documento, sussurrando sua vontade para nós, por isso somos chamados a ouvi-lo.

Estamos diante de "um momento propício para levar adiante os sonhos discernidos pelo povo de Deus, mas também os apelos do Espírito Santo que ecoaram na Quinta Conferência Episcopal do Episcopado Latino-americano em Aparecida", segundo o Padre David Jasso. Ao explicar a metodologia pastoral durante a Assembleia, o secretário adjunto do Celam apresentou os diferentes passos: sentido do dia, a Palavra de Deus que ilumina, reflexão da vida, grupos de discernimento, reflexão e testemunho sobre o caminho, celebração da Eucaristia, painéis, momentos de piedade popular e outros momentos, como elementos interligados.

Ele então apresentou as motivações para cada dia: dispor o coração, focalizar o olhar, identificar e propor, refinar os convites do Senhor para a missão, escolher os novos caminhos, iniciar estes caminhos como discípulos missionários de Jesus. Junto com isso, os textos bíblicos que iluminam, assim como reflexões da vida para iluminar o significado de cada dia. Os pequenos grupos de discernimento comunitário desempenharão um papel fundamental neste trabalho.

O funcionamento destes grupos foi explicado por Mauricio López, que, segundo o coordenador do Centro de Redes para a Ação Pastoral do Celam, nos chama a ser uma Igreja, uma assembleia, com um só coração, para deixar espaço para o Espírito Santo. Trata-se de buscar em comum a perspectiva de receber em comunidade o que Deus quer nos dizer, tomando como referência os documentos que fazem parte do processo da Assembleia. Isto ajudará a encontrar os horizontes pastorais nos grupos de até 12 pessoas e com a maior diversidade possível, o mesmo durante toda a Assembleia, onde a chave será a escuta mútua.

A pré-assembleia foi também uma oportunidade de conhecer o ABC do membro da Assembleia, apresentando o vídeo tutorial que ajudará os membros da Assembleia nos próximos dias, que foi posteriormente explicado por Oscar Elizalde, coordenador do Centro de Comunicação do Celam, com os passos a serem dados, lembrando que tudo pode ser encontrado no site da Assembleia Eclesial.

Os membros da Assembleia tiveram uma experiência de se encontrar em pequenos grupos, que foi um primeiro momento de encontro e partilha, baseada na Palavra e na diversidade da vida e das experiências eclesiais, algo que marcará o caminho a ser seguido nesta verdadeira experiência de sinodalidade.

Leia também:
2º Encontro Nacional pela Economia de Francisco e Clara
Marcelo Barros: um monge para os dias de hoje

Sinodalidade: Podemos caminhar juntos!

Fofoca: um mal a ser combatido

Hino oficial da I Assembleia Eclesial

Documento para discernimento: Asembleia Eclesial

Pré Assembleia Eclesial

Cardeal Barreto na COP26

Sinodalidade, ensaio de um mundo novo

Violência estrutural

Bispos, CEAMA e REPAM à COP26

O que é sínodo sobre a sinodalidade

Alternativas a uma economia que mata

É urgente uma mudança de cultura ambiental

Menos armas, mais comida

Aliança de redes eclesiais - COP 26

Violência como forma de governo

Sinodalidade: rosto de uma Igreja comunhão

Precisamos recuperar o sopro do Espírito

Dois anos do Sínodo Amazônico

Papa: "O Espírito muda o coração..."

Encontro da Rede CLAMOR

MOBON, a busca da animação bíblica

Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.  

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS