Destaques Editorial
28/02/2021 Denilson Mariano Edição 3933 Prontos a dar a razão de nossa Esperança
F/ Pixabay
"Há um ditado popular que diz: “só leva pedradas a árvore que tem bons frutos!”. Esse ditado se aplica bem à recente polêmica em torno da Campanha da Fraternidade Ecumênica."

 Denilson Mariano

Há um ditado popular que diz: “só leva pedradas a árvore que tem bons frutos!”. Esse ditado se aplica bem à recente polêmica em torno da Campanha da Fraternidade Ecumênica deste ano (CFE 2021). Grupos reacionários têm disseminado uma série de vídeos e posts nas redes sociais atacando a CFE 2021 e posicionando-se contrários ao Ecumenismo. Sinal de que a Campanha traz consigo bons e necessários frutos para a Igreja e a sociedade.

Nós de O Lutador publicamos uma série de artigos e também estudos sobre o conteúdo da CFE 2021 para formar e informar o povo fiel de nossas comunidades. Com isso procuramos seguir de perto o que se encontra na 1ª Carta de Pedro 3,15: “reconheçam de coração o Cristo como Senhor, estando sempre prontos a dar a razão de sua esperança a todo aquele que o pedir a você.” Entendemos que a informação e a formação é o remédio mais eficaz contras as oposições caluniosas e fora de contexto, como tem sido os ataques à CFE2021. Os pontos salientes desta polêmicas encontram-se em vários artigos destacados nesta edição de fevereiro.

Ademais, procuramos sempre tratar deste assunto com seriedade, propriedade, “de bons modos, com respeito e consciência limpa” (cf. 1Pd 3,16). Não é sem motivo que quando vamos explicitando as razões e o conteúdo da CFE 2021, não raro, os opositores se tornam violentos, atacam, ferem... É que, no fundo, “ficam confundidos” (1Pd 3,17).

Sigamos o período quaresmal atentos à sugestão do Papa Francisco no tocante à penitência: evitar a fofoca, a maledicência, o mal humor. Afinal, o que verdadeiramente é de Cristo permanece (cf. At 5,28).

Continuemos a dar as razões da importância das CFEs. São muitos os frutos espirituais, comunitários, familiares, sociais e morais trazidos pelas reflexões, ações e decisões que se seguiram a cada CF. Deus é fraternidade, a perfeita comunhão da Trindade. Cada Campanha da Fraternidade é uma bênção de Deus para a Igreja e para a sociedade. Afinal, “somos todos irmãos”! (cf. Mt 23,8). Sigamos adiante firmes na razão de nossa Esperança: “Cristo é a nossa Paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef 2,14ª).

Leia também:
Fariseus de ontem, fariseus de hoje
Caim e coronavac

Fraternidade amor: espírito e lei

Sombras que quebram a fraternidade

Quem tem medo do diálogo ecumênico

CFE 20221 e o medo do diálgo
Papas Francisco, Bento e João Paulo apoiam a Campanha da Fraternidade
Nota oficial da CNBB sobre a CFE 2021
Marreta profética 
Manifesto contra as críticas caluniosas à CFE 2021
Populismo e liberalismo
O trumpismo se infiltrou na Igreja católica dos EUA
Ser profundo sem perder a simplicidade
Um bispo que escuta os pequenos
O legado de Francisco
Carta Apostólica Patris Corde
O ano de São José
Rede brasileira de fé e política

Os Ricos e a solidão


 Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS