Juventudes Vocacional
13/08/2019 Vinícius P. de Oliveira Edição Pe. Demerval: Amado e Sábio Mestre
"Os Missionários Sacramentinos e nós continuaremos seu legado. A bandeira da Messis seguirá erguida e firme cativando nossos jovens à Vocação Missionária. Padre Demerval, pastor de vocações, não se esqueça de quem por aqui vai ficando e com seus cuidados celestes seguiremos o caminho certo para nossas vocações"

Amado e Sábio Mestre

O nosso saudoso Padre Demerval Alves Botelho SDN descansa eternamente nos braços do Pai Celestial, durante toda sua vida semeou boa semente e hoje, na glória do Paraíso colhe os frutos de todos os seus esforços a serviço do Reino. Conheci nosso amado mestre Demerval há sete anos, quando  participava da missa nas quartas-feiras às 15h no  Santuário Bom Jesus de Manhumirim-MG. Quando vi aquele alto e velho homem entrando na procissão de entrada andando um pouco devagar, porém, ainda com boa postura e firmeza, acabei sentindo em meu coração um interesse em conhecê-lo, pois sabia que ali passava um patrimônio histórico vivo diante de meus olhos, um relicário vivo  do Servo  de Deus Padre Júlio Maria De Lombaerde, um sábio sacerdote com muita história pra contar... 2 anos se passaram e fui convidado a participar do seleto e admirado Encontro Vocacional Sacramentino tendo como mestre o Padre Demerval.

Bom Pastor

Padre Demerval foi marcado por um ideal sacramentino de mestre das vocações. Muitos passaram por seus ensinamentos e se tornaram sacerdotes ou homens de ótima formação, sempre amoroso com seus vocacionados era um pai espiritual que ensinava sempre a seguir o caminho correto, o fato de ter convivido com o Fundador Servo de Deus Padre Júlio Maria De Lombaerde era que nos deixava sempre com entusiasmo e curiosidades em ouvir cada palavra, história ou lição que aquele velho homem iria nos dizer, pois, sentíamos que na presença dele, seria o mais perto que chegaríamos do Fundador  ou, como   Diác. Frt. Matheus Garbazza, SDN citou “...para nós, jovens, que não conhecemos o Pe. Júlio Maria, conviver com o Pe. Demerval era como uma passagem para o passado. Sentíamos que observávamos, por uma pequena fresta, o princípio de nossa história, o santo ‘missionário que veio de longe’”. Nunca cansávamos. Nem mesmo quando ouvíamos as mesmas histórias várias vezes. Como um Bom Pastor Pe. Dedé apascentava suas ovelhas e, todos nós recebíamos seus ensinamentos.

Momentos Finais

Nestes últimos meses tive a honra de vê-lo todos os dias. Conversar, mesmo que de forma breve e, pedir sua benção. Senti que o peso de seus quase 96 anos parecia cair sobre suas costas e absorvia suas forças. Carregou seu calvário sobre suas costas assim como Jesus carregou a Cruz na via-crúcis. Dedé nunca perdeu a esperança em todos nós e sempre rendia elogios quando algum de nossos familiares o encontrava, lembro-me dele dizendo a meu pai que também foi aluno do Pe. Dedé no coral: “seu filho é um menino bom, confio muito nele, porém, está igual feijão encruado, não cozinha nunca”; e dizia a mim: “não negue fogo não, viu meu filho?”. Na manhã de segunda-feira [05/08] acordo cedo para ir ao trabalho e me deparo com a notícia pesarosa e dura sobre o falecimento de nosso Amado Mestre. Chego cedo no Santuário e tenho a  tarefa de conduzir os tristes dobres fúnebres nos grandes sinos do Santuário do Bom Jesus. Os dobres ecoavam ao longo do dia, era como se o Santuário lamentasse a partida do sábio sacerdote.

Reflexões

Nas últimas três vezes que fui ao encontro do Pe. Demerval ele já se preparava para sua Páscoa definitiva. Aqui na terra perdemos a presença de um grande Padre, mas os céus ganham mais um santo que ao lado do Servo de Deus Padre Júlio Maria de Lombaerde intercederão por nós. O sentimento de presença e carinho de nosso pai espiritual que foi Pe. Demerval estará em nossos corações. Os Missionários Sacramentinos e nós continuaremos seu legado. A bandeira da Messis seguirá erguida e firme cativando nossos jovens à Vocação Missionária.

Padre Demerval, pastor de vocações, não se esqueça de quem por aqui vai ficando e com seus cuidados celestes seguiremos o caminho certo para nossas vocações, “Memento Pater Filiorun Tuorum” [Lembra-te ó Pai, de teus filhos].

Obrigado por cada ensinamento...

Obrigado por cada momento...

Enfim, obrigado por tudo. Descanse em Paz Padre Demerval, com Amor e Sacrifício a missão foi CUMPRIDA!

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vinícius P. de Oliveira / Ex- Vocacionado Sacramentino

 Secretario de Beatificação Servo de Deus Padre Júlio Maria de Lombaerde.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS