Destaques Em cima da hora
08/06/2022 CNBB Edição 3948 Papa Francisco nomeia padre Maurício Jardim bispo de Rondonópolis-Guiratinga
F/ CNBB
"Com Cristo não existem tédio, cansaço e tristeza, porque Ele é a novidade contínua do nosso viver. Ao missionário, é necessária a alegria do Evangelho: sem esta, não se faz missão. Com Cristo não existem tédio, cansaço e tristeza, porque Ele é a novidade contínua do nosso viver. Ao missionário, é necessária a alegria do Evangelho: sem esta, não se faz missão”. Que o Espírito Santo o ilumine nesta sua nova missão!"

O Papa Francisco nomeou nesta quarta-feira, 8 de junho, o padre Maurício da Silva Jardim, atual diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM), como bispo da diocese de Rondonópolis-Guiratinga (MT). A diocese encontrava-se vacante desde a morte de dom Juventino Kestering, em março de 2021, em decorrência da Covid-19.

Vida e trajetória eclesial

Padre Maurício nasceu em 9 de fevereiro de 1969 em Sapucaia do Sul (RS). Ingressou no seminário São José de Gravataí (RS) na etapa do propedêutico em 1991 aos 21 anos.

Licenciou-se em Filosofia, em 1994, pela faculdade de Filosofia Nossa Senhora da Imaculada Conceição (FAFIMC), em Viamão (RS), e conquistou, em 1999, o título de bacharel em Teologia pelo Centro de Estudos Teológicos São João Vianney (CETJOV), também em Viamão. Concluiu uma pós-graduação em Psicopedagogia pela FAFIMC, em 1998. Também possui especialização lato sensu em Missiologia pelo Instituto São Tomás de Aquino (ISTA), finalizada em 2017.

Foi ordenado presbítero em 11 de dezembro de 1999 na paróquia Nossa Senhora de Fátima de Sapucaia do Sul (RS) e pertence ao clero da arquidiocese de Porto Alegre (RS). De 2002 a 2007, foi assessor da Pastoral da Juventude da arquidiocese de Porto Alegre. Pelo projeto “Igreja Solidária” do regional Sul 3 da CNBB fez uma experiência como missionário em Moçambique, na África.

Foi pároco em três paróquias da arquidiocese de Porto Alegre (Divino Pai Eterno, Nossa Senhora do Caravággio e São Vicente pai dos pobres) e vigário paroquial de São Vicente de Paulo e Santa Terezinha. Exerceu a função de orientador espiritual do curso propedêutico, de 2014 e 2015.

Atuou como  coordenador da Pastoral presbiteral da arquidiocese de Porto Alegre, de 2013-2016, e como vice coordenador do regional Sul 3 da CNBB. Em novembro de 2015, foi nomeado como animador vocacional da arquidiocese de Porto Alegre. Em janeiro de 2015, coordenou a primeira etapa do curso de Especialização Lato Sensu para Formadores  de Presbíteros Diocesanos no Instituto São Tomás de Aquino (ISTA), BH-MG.

Em março de 2016 foi nomeado pelo prefeito da Congregação da Evangelização dos Povos, o cardeal Fernando Filoni, como diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) com mandato de 2016 a 2021. Foi reconduzido para o serviço de diretor nacional das POM em março de 2021, com mandado até 2026, pelo cardeal Antônio Tagle, prefeito da Congregação da Evangelização dos Povos. Em novembro de 2021 foi eleito coordenador continental das POM.

Saudação ao Monsenhor Maurício da Silva Jardim

 

Estimado Monsenhor Maurício da Silva Jardim,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebe com alegria a sua nomeação como novo bispo da diocese de Rondonópolis/Guiratinga (MT). Agradecemos ao Papa Francisco por mais esta nomeação que fortalecerá a presença da Igreja no regional Oeste 2 de nossa Conferência Episcopal, também enriquecida com mais um membro.

Em seus vinte e três anos de ministério presbiteral, o senhor tem vivido a sua vocação como um verdadeiro discípulo missionário  para as nações (ad gentes), para fora (ad extra) e para sempre (ad vitam), ora fazendo a experiência missionária em Moçambique, na África, ora atuando como diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM) no Brasil, função que exerce com esmero desde 2016.

Nesta ocasião especial, ecoamos as palavras do Papa Francisco, que em uma de suas mensagens para o Dia Mundial das Missões, recordou com gratidão todas as pessoas, assim como o senhor, cujo testemunho de vida ajudam a renovar o compromisso batismal de ser apóstolos generosos e jubilosos do Evangelho.

Também nos valemos das palavras do Santo Padre, expressas às vésperas do Dia Mundial das Missões de 2019, para animar esta nova etapa do seu serviço à Igreja: “Com Cristo não existem tédio, cansaço e tristeza, porque Ele é a novidade contínua do nosso viver. Ao missionário, é necessária a alegria do Evangelho: sem esta, não se faz missão”.

Que o Espírito Santo o ilumine nesta sua nova missão!

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

 Fonte: CNBB

 Leia também:
50 anos de Santarém: Igreja com vitalidade...
Carta do Papa pelos 50 anos do Documento de Santarém

"O protesto dos pobres é a voz de Deus" 

Papa Francisco, a Sinodalidade e a eclesiogênese

"A Igreja da Amazônia não ficou esquecida do Papa"

Inteligência artificial, luz para a evangelização

Obrigados a desobedecer

Encontro Eclesial da Região Andina

Encontro Eclesial do Caribe

Encontros Eclesiais regionais

"Nosso ministério, nossa vida, será eficaz com humildade"

Violência simbólica ou diabólica

Reavivar Aparecida: corajosa profecia

15 anos de Aparecida: Sua Vitalidade

Em nome de Deus, defendam a Mãe Terra

Mais de 500 Presbíteros no 18º ENP

15 anos de Aparecida: para entender a Igreja no século XXI

Chamados a construir a família humana: Papa Francisco

Entrevista Pe. Dario Rossi: mega mineração no Brasil
Igreja repudia violência contra indígenas
Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS