Formação Família
04/06/2019 Pe. Sant´Ana Edição 3912 O Papa acredita profundamente na juventude
F/ La Croix
"Cristo vive: é Ele a nossa esperança e a mais bela juventude deste mundo!"

 

Pe. Sebastião Sant'Ana Silva, SDN

 

A Exortação Pós Sinodal Christus vivit, do Papa Francisco, assinada dia 25 de março, dirigida aos jovens e a todo povo de Deus, foi acolhida com grande entusiasmo pela Igreja, sobretudo pela juventude.

Assim começa a Exortação: "Cristo vive: é Ele a nossa esperança e a mais bela juventude deste mundo! Tudo o que Ele toca torna-se jovem, fica novo, enche-se de vida. Por isso as primeiras palavras, que quero dirigir a cada jovem cristão, são estas: Ele vive e quer-te vivo!"

Com esta nova Exortação, o Papa Francisco leva à conclusão o caminho sinodal que ele mesmo iniciou em outubro de 2016, quando anunciou o tema da XV Assembleia Geral Ordinária: "Os jovens, a fé e o discernimento vocacional".

 

Jovens testemunham seu encanto pela Exortação

Alguns líderes jovens, que acompanharam de perto a preparação e a realização do Sínodo (outubro 2018), estão vendo na Exortação verdadeira carta “magna” para o futuro da Pastoral da Juventude (e P. Vocacional).

Francisco declara que escreveu a Exortação inspirado na riqueza das reflexões e diálogos do Sínodo celebrado no Vaticano em outubro de 2018, levando em conta as propostas que lhe pareciam mais significativas.

O jovem Evanderson L. de Abreu, de Curitiba, missionário xaveriano, participou em Roma da reunião pré-sinodal. Em entrevista ao Vatican News, ao fazer a primeira leitura da Exortação, destacou sua importância como itinerário formativo da juventude.

Já Letícia Schafer, que trabalhou como voluntária das redes sociais durante a reunião pré-sinodal, afirma: "Senti que o Papa não desiste de nenhum jovem e acredita profundamente na juventude, assim como Jesus. Esperei muito pela Christus Vivit e valeu a pena”, afirma a jovem paranaense, encantada, sobretudo, pelo parágrafo 132 da Exortação.

 

Um itinerário para o futuro da Pastoral da Juventude

O documento, composto por nove capítulos divididos em 299 parágrafos, é dirigido aos jovens e a todo o povo de Deus. No título da Exortação – Christus vivit (Cristo vive) –, está contida a mensagem fundamental que o Santo Padre quer transmitir aos jovens, ou seja, Cristo não pertence apenas ao passado, mas também ao presente e ao futuro.

A sequência dos capítulos ajuda a perceber a riqueza do roteiro oferecido pelo Papa:

1) "Que diz a Palavra de Deus sobre os jovens?"

2) "Jesus Cristo sempre jovem"

3) "Vós sois o agora de Deus"

4) "O grande anúncio para todos os jovens"

5)"Percursos da juventude"

6) "Jovens com raízes"

7) "A Pastoral dos Jovens"

8) "A vocação"

9) "O discernimento"

 

Acolher, apoiar e escutar a juventude

Dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), fala sobre o que as Igrejas, comunidades e paróquias podem fazer para acolher a mensagem do Papa e as deliberações do Sínodo dos Bispos de 2018.

Para Dom Vilson, “o desafio agora é acolher, apoiar, ouvir e escutar a juventude em nossas comunidades. Tudo que pudermos fazer, com certeza, ainda será pouco. Porque a juventude é o hoje, o amanhã e o futuro de nossa Igreja”, disse.

Segundo o bispo de Imperatriz, o apoio tem que partir, em primeiro lugar, dos bispos, dos padres e das lideranças: “É preciso dedicar tempo, atenção e apoiar todas as causas juvenis em nossas comunidades. É o caminho que o Papa Francisco e o Sínodo dos bispos nos pedem”, disse. O bispo reforça que o documento final do Sínodo afirma que todos os jovens estão no coração de Deus e que é hora da Igreja torná-los parte de seu coração.

 

Jovens, a Igreja precisa do vosso ímpeto, vossa intuições, vossa fé

A Exortação Christus vivit tem o estilo dos encontros do Papa com a juventude: proximidade, franqueza, simplicidade, ternura e simpatia.

Francisco propõe uma Igreja aberta, "sem medos", para poder escutar as mudanças que pedem os jovens, uma Igreja livre daqueles que a querem envelhecer, que a querem ancorada no passado, que a querem lenta e imóvel".

O Papa concluiu a Exortação dirigindo-se diretamente aos jovens: "Queridos jovens, ficarei feliz vendo-vos correr mais rápido dos que os lentos e medrosos. Correi atraídos por aquele Rosto tão amado, que adoramos na sagrada Eucaristia e reconhecemos na carne do irmão que sofre... A Igreja precisa de vosso ímpeto, de vossas intuições, de vossa fé... E quando chegardes aonde nós ainda não chegamos, tende a paciência de esperar por nós".

 

Christus vivit será referência em Aparecida e Sassone

A Exortação Christus vivit será ponto de referência para o próximo Fórum Internacional da Juventude, em Sassone di Ciampino (Itália), de 19 a 22 de junho. O evento, que terá como tema: “Jovens em ação, em uma Igreja sinodal”, reunirá jovens representantes das conferências episcopais, das associações e movimentos eclesiais de todo o mundo e jovens ouvintes do Sínodo do ano passado.

No Brasil, o IX Simpósio e a XI Peregrinação Nacional da Pastoral Familiar acontecerão nos dias 25 e 26 de maio, no Santuário Nacional de Aparecida. O tema do duplo evento Em Família, defendemos a Vida será aprofundado através das conferências e oficinas:

1) Valorização da vida e suicidologia (Prof. Nadja Crisitiane). 2) O cuidado centrado na pessoa (Prof. Alexandre Ernesto). 3) Em família, defendemos a vida (Dom Ricardo Hoepers). 4) A família, como vai? (Pe. Zezinho). 5) Desejo da vida e dignidade humana (Zezé Luz).

A recente Exortação Christus vivit e os jovens também serão grande referência em Aparecida.

 

F/ La Croix

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS