Destaques Editorial
25/11/2020 Denilson Mariano Edição 3930 O Lutador 92 anos: Instrumento de fé e amor
F/ Arquivo O Lutador
"Certos estamos de procurar o caminho do bem, da verdade e da justiça, sabemos que a mensagem vai, nem sempre sabemos a quem, mas sabemos que anseia por fazer o bem."

 Denilson Mariano

Hoje em dia, quase tudo tem sido pensado em termos de pandemia, a grande ameaça invisível que assola todo o mundo espalhando medo, encurtando a vida de muitos e deixando sequelas em multidões. A insensibilidade e o descuido dos negacionistas só fazem aumentar o número de vítimas e dificultam ainda mais o árduo trabalho dos agentes de saúde e das autoridades que levam a sério a crise mundial que estamos vivendo.

Fato é que estamos precisando reforçar nosso espírito de luta e de resistência. E esta tem sido a missão de O Lutador em seus 92 anos de existência. Fundado pelo Pe. Júlio Maria De Lombaerde, a 25 de novembro de 1928, em Manhumirim-MG, este periódico tem atravessado gerações na defesa da vida, da família e da fé. Em todo esse tempo revelou-se um instrumento de fé e de amor nas mãos e corações de seus leitores e leitoras.

Iniciado com a impressão tipográfica, quase caseira nas mãos dos irmãos da Congregação dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora, passou para a impressão offset, com maior qualidade e velocidade de impressão. Depois saindo do formato de jornal, tornou-se uma revista, mais apresentável e menos descartável, sem descuidar de seu compromisso de fidelidade aos princípios cristãos e da fé católica. Recentemente, pressionado pelas consequências de pandemia, passou para o formato virtual. Hoje encontra-se presente no sítio virtual e divulgado por meio das redes sociais.

Tendo sido criado nos tempos da apologética guarda consigo o espírito de defesa da fé mas, acompanhando a evolução do pensamento da Igreja, assume a postura ecumênica e de defesa das causa dos pequenos e injustiçados. Não se descola da busca da justiça, da verdade e do bem comum. Neste período de seus 92 anos existência ajudou a formar a mentalidade de várias gerações e serviu de luz e inspiração para muitas pessoas em sua vida pessoal, familiar e social. Seja pela catequese segura sobre pontos polêmicos da doutrina cristã, seja pela defesa da vida e das minorias, seja no alento com sua poesia, com receitas culinárias e anedotas... O Lutador tornou-se um instrumento de amor.

Neste seu aniversário queremos agradecer aos seus inúmeros colabores, escritores, apoiadores e divulgadores que permitiram que ele se mantivesse vivo e atuante, ao longo desta trajetória. Mas agradecemos, sobretudo, aos leitores e leitoras, a todos os ex-assinantes, que na verdade constituíram o motivo de sua existência e missão.

Agora, em tempos pós-modernos, fluídos, da conexão em rede, da virtualidade, o contato e retorno dos leitores é diferenciado, feito por meio de likes, acenos, comentários..., também compartilhamentos, os mais variados e nas mais variadas redes sociais. Certos estamos de procurar o caminho do bem, da verdade e da justiça, sabemos que a mensagem vai, nem sempre sabemos a quem, mas sabemos que anseia por fazer o bem.

Resta-nos contar com a graça divina, trilhar o caminho de Jesus que nos anima e seguir adiante na força do Espírito que nos conduz. E o Servo de Deus, Pe. Júlio Maria de Lombaerde, continua sendo nossa inspiração pelos seus feitos aqui e pela sua glória na eternidade. Servo de Deus, intercedei por nós e fazei com o que O Lutador continue a ser instrumento de fé e amor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia também:

O Som da cor e as sementes da coragem
Tornamo-nos aquilo que escolhemos, para o bem ou o mal

Existem padres na Amazônia?
“Nossa vida está sempre por um fio”
Consciência negra com D. José Maria Pires
Contra o racismo, a favor da vida para todos

Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp:
 Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS