Destaques Em cima da hora
01/07/2020 Dione Afonso Edição 3926 O LUTADOR: 100% DIGITAL
F/ Pixabay
"Somos digital. A Era da Informação, gerida pelo primeiro homem, alimenta nesse tempo o seu mais novo filho: o digital. "

Ir. Dione Afonso, SDN

Hoje, dia 1° de julho, a Revista O Lutador inicia um novo ciclo. Nesse mês, a edição 3926 é a primeira a sair no formato digital. Um novo caminho se abre para nós. Um caminho com novos desafios mas cheio de oportunidades. Um caminho que irá nos aproximar cada vez mais nossos escritores de nossos leitores. Nossos apoiadores de nossos críticos. Nossa equipe de nossos formadores de opinião. Nossos Lutadores com todos os Lutadores desse país. O Lutador digital inaugura uma nova etapa da Informação.

A Era da Informação nasceu com o primeiro rabisco do homem, quando, lá no início, ele tentou, pela primeira vez, se comunicar. A informação foi ganhando novos rabiscos, símbolos foram sendo criados, rumores começaram a ser balbuciados e, aos poucos, um conjunto de códigos e sinais foram sendo catalogados. Tudo isso até chegar no nosso abc de hoje e no tom desenhado da fala humana.

Aos poucos a informação também começou a ganhar novos códigos, foi se sofisticando, ganhando novas cores e aparelhos capazes de reproduzir o que falamos. A informação, de mero poder de comunicação humana tornou-se produto comercial. Hoje vende-se notícias. O poder da fala gera renda e sustenta o mercado e a cultura. Hoje a fala gerou a propaganda, a publicidade, o marketing, a locução, o jornal, a revista e a apresentação. O próprio corpo também fala. Tudo fala.

A mais nova gestação, que, há poucos anos veio ao mundo, está sendo alimentado por novas iguarias.O mais novo filho da fala se chama: o digital. A fala virou pixels, códigos virtuais, combinações de bits para formar um texto, uma notícia, uma ocorrência policial, uma novela, um livro.

Somos digital. A Era da Informação, gerida pelo primeiro homem, alimenta nesse tempo o seu mais novo filho: o digital. Que o fluxo de notícias não o faça cair na obesidade e nem o embriague, provocando uma overdose de informações sem tempo de digeri-las e degustar a reflexão que cada uma traz. Que o alimento oferecido também seja de qualidade, que não esteja vencido e nem adulterado podendo provocar dores internas até mesmo a morte. Informação falsa pode matar.

O Lutador nasceu com o propósito de defender a fé e lutar pelos valores que embasam a família e a fé cristã. Ele não perdeu seu foco, ele se reinventa, atualiza-se e continua ao lado da vida. Nosso compromisso continua sendo com a verdade. Sabemos que a notícia (news) não pode estar disfarçada de falsidade (fake). Se é falsa, não é notícia. Não deve ser compartilhada.

E continuaremos, com a Intercessão do Servo de Deus o Pe. Júlio Maria De Lombaerde lutando para que o Bem Comum e a Justiça continuem sendo pautas em nossa redação. Seja você também um membro de O Lutador.
Defendendo a vida, a família e a fé.


Missionário Sacramentino de Nossa Senhora
01 de julho de 2020

Leia outros textos de Dione Afonso:
Criatividade em tempos de pandemia
Pandemia: na contramão da conversão ecológica
Os jovens estão nas lives
Brumadinho, um ano e dois meses depois
STAN LEE: amizade, trabalho em equipe e confiança
Thanos: O Mal Vence o Bem

 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS