Destaques Em cima da hora
24/11/2021 CNBB Edição 3942 Monsenhor Catelan - Novo Bispo auxiliar do Rio de Janeiro PAPA FRANCISCO NOMEIA NOVO BISPO AUXILIAR PARA A ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO
F/ CNBB
"Sugerimos que esta reflexão do Papa Francisco o inspire na nova jornada: “E vós, queridos irmãos escolhidos pelo Senhor, lembrai-vos de que fostes escolhidos entre os homens e para os homens e colocados a seu serviço nas coisas de Deus."

A Santa Sé divulgou nesta quarta-feira, 24 de novembro, a nomeação do monsenhor Antonio Luiz Catelan Ferreira como novo bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ). Membro do Presbitério de Umuarama (PR), monsenhor Catelan é, atualmente, vigário paroquial na paróquia São José da Lagoa, na arquidiocese do Rio de Janeiro, e professor de Teologia Dogmática no Departamento de Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tem contado com sua contribuição em diversos serviços eclesiais desde 2007. 

Além de professor na PUC-Rio, monsenhor Catelan é, atualmente, coordenador da Cátedra Joseph Ratzinger na mesma universidade católica; membro da Comissão Teológica Internacional; perito da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB – da qual foi assessor de 2011 a 2019; e perito da Comissão para Renovação e Reestruturação do Conselho Episcopal Latino Americano (Celam).  

Biografia 

Nascido dia 2 de fevereiro de 1970, em Cidade Gaúcha (PR), é o segundo filho de Luiz Fernandes Portel Ferreira (in memorian) e de Maria Erci Catelan Ferreira.  

Vivenciou o Propedêutico no Seminário Rainha dos Apóstolos, em Umuarama, e cursou Filosofia no Instituto Nossa Senhora da Glória, em Maringá (PR), de 1987 a 1989. Os estudos de Teologia ocorreram no Instituto Paulo VI, em Londrina, de 1990 a 1994. Foi ordenado Presbítero no dia 5 de fevereiro de 1995, na diocese de Umuarama. 

Suas graduações em Filosofia e Teologia foram validadas como Licenciatura em Filosofia, História e Sociologia e como Bacharelado Eclesiástico e Civil, respectivamente.  

Monsenhor Antonio Catelan é pós-graduado em História da filosofia no Brasil, pela Universidade Estadual de Londrina; mestre em Teologia Dogmática pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção; doutor em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma; e pós-doutor em Teologia Sistemática pela PUC-Rio.  

Serviços diocesanos 

Ainda na diocese de Umuarama, desempenhou as funções de pároco; administrador paroquial, vigário geral, procurador, reitor de seminário, membro do Colégio de Consultores e do Conselho Presbiteral e coordenador diocesano de Pastoral.  

Também atuou como pároco e reitor de Seminário na arquidiocese de Londrina; vigário paroquial na arquidiocese de Maringá; e, atualmente, está a serviço da arquidiocese do Rio de Janeiro.   

Serviço à Igreja no Brasil e no mundo 

Desde 2007, monsenhor Antonio Luiz Catelan Ferreira colabora em várias instâncias da Igreja no Brasil e no mundo. Foi membro do Instituto Nacional de Pastoral, entre 2007 e 2019. Atuou na Secretaria da 12ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, em 2008. 

São várias funções desempenhadas na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil: assessor na Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, de 2011 a 2019; subsecretário adjunto de Pastoral, de 2015 a 2017; secretário do Grupo de Trabalho para as comemorações do cinquentenário do Concílio Vaticano II, de 2011 a 2015; secretário do Grupo de Trabalho para o Colégio Pio Brasileiro, de 2011 a 2015; assessor na Comissão para as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora de 2015 a 2019 e de 2019 a 2023; na Comissão para as Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil.  

Monsenhor Antonio Luiz Catelan também acumula uma larga experiência na área acadêmica, com atuações como professor, diretor de estudos e coordenador de cursos, especialmente na área da Teologia. Também é autor, organizador e tradutor de diversas publicações, com extensa colaboração no trabalho da Edições CNBB, em especial na coordenação da tradução do Catecismo da Igreja Católica e dos tomos Teologia da Liturgia e Jesus de Nazaré: contribuições para a cristologia, do cardeal Joseph Ratzinger.  

Saudação da CNBB a monsenhor Antonio Luiz Catelan Ferreira

Estimado irmão, monsenhor Antonio Luiz Catelan Ferreira,

Recebemos com alegria e enorme satisfação a notícia de sua nomeação como bispo auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ). Queremos acolhê-lo nesta Conferência Episcopal agora como membro do colegiado dos bispos. 

A sua dedicação acadêmica, a colaboração na formação do clero e dos leigos da Igreja no Brasil e a larga experiência de serviços pastorais prestados à Conferência animam-nos por indicar um ministério episcopal fecundo e frutuoso. 

De forma especial, recordamos aqui a sua colaboração na construção das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, tanto como assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, entre 2011 e 2019, quanto como membro do Grupo de Trabalho responsável por dinamizar as reflexões em conjunto com os bispos, desde 2015. Fica registrada nossa gratidão. 

Sugerimos que esta reflexão do Papa Francisco o inspire na nova jornada: “E vós, queridos irmãos escolhidos pelo Senhor, lembrai-vos de que fostes escolhidos entre os homens e para os homens e colocados a seu serviço nas coisas de Deus. Porque “Episcopado” é o nome de um serviço, não uma honra, como queriam os discípulos, um à direita, outro à esquerda, porque o bispo é mais responsável pelo serviço do que pela dominação, segundo o mandamento do Mestre: ‘Quem é o maior entre vocês, deixe-o ser como o menor. E quem governa seja como aquele que serve’ (Lc 22,26). Servir. E com este serviço vocês preservarão sua vocação e serão verdadeiros pastores no serviço, não em honras, em poder, em força. Não, sirva, sirva sempre.”

Nossa Senhora Aparecida, Rainha e padroeira do Brasil, o acompanhe em um profícuo ministério episcopal. 

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
1º Vice-Presidente

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
2º Vice-Presidente

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar do Rio de Janeiro, RJ
Secretário-Geral

 Fonte: CNBB

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS