Variedades Pastoral Familiar
17/01/2020 Cláudio Rodrigues e Maria do Rosário Silva Edição 3920 Falamos bem daquilo que o coração está cheio!
Facebook Pastoral Familiar
"Nós nos encontramos numa nova etapa evangelizadora, que deve estar marcada pela alegria e deve indicar rumos novos para a caminhada da Igreja."

 

Quantas bênçãos sendo derramadas nos Encontros de Formação, Brasil afora, através das 03 Fases oferecidas pelo INAPAF (Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar), 8 módulos em cada uma delas, totalizando 24 módulos, chegando, com toda sua riqueza, aos corações de mais e mais pessoas!

 

Formação de agentes

Essa demanda crescente é resultado da compreensão do conceito da pastoral e sua abrangência, urgência, especificidade e necessidade, pois sabemos que havendo escassez de operários para a messe ocorre a sobrecarga para os que se dispõem a cumprir a missão. “A messe é grande, mas os operários são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe. (Mt 9, 36-37)

O INAPAF tem a função de planejar, coordenar e executar, em âmbito nacional, a formação de agentes de Pastoral Familiar, de acordo com as orientações da Igreja. Atua fomentando, orientando e acompanhando os NFE (Núcleos Formação e Espiritualidade).

O NFE é composto por uma equipe de apoio à Coordenação de Pastoral Familiar, responsável pela formação permanente e continuada dos agentes desta Pastoral, no âmbito regional, diocesano e paroquial. A finalidade é zelar pela garantia da unidade da estrutura da Pastoral Familiar, oferecer e realizar cursos de capacitação de agentes para atuarem na evangelização das famílias e na promoção humana.

 

Dez anos de caminhada

No Regional Leste 2 celebramos em 2019, 10 anos de caminhada da equipe do NFE, Deus seja louvado!

Ao longo da caminhada de nossa Igreja a formação tem sido uma inquietação e um grande desafio. São João Paulo II nos ensinou que investir na família é construir o futuro, lá se vão 39 anos da Exortação Apostólica Pós Sinodal “Familiaris Consortio” – sobre a missão da família cristã no mundo hoje, documento mãe da Pastoral Familiar.

O Documento de Aparecida ajudou-nos a entender a importância do investimento em formação: “A formação dos leigos precisa ser uma das prioridades da Igreja particular [...]. Ela se torna mais efetiva e frutuosa quando integrada a um “projeto orgânico de formação” que contemple a formação básica de todos os membros da comunidade e a formação específica e especializada, sobretudo para aqueles que atuam na sociedade, onde se apresenta o desafio de dar testemunho de Cristo e dos valores do Reino”. (DAp n. 114)

Papa Francisco tem nos proposto mudança de atitude pastoral em chave missionária, a conversão pastoral para uma pastoral positiva, acolhedora, com agentes mais atentos à situação real das famílias, havendo necessidade de uma formação mais adequada de todos.  Amoris Laetitia, n. 202.

 

Grande guarda-chuva

Nós nos encontramos numa nova etapa evangelizadora, que deve estar marcada pela alegria e deve indicar rumos novos para a caminhada da Igreja. Evangelizar pelo encantamento, pelo sentimento de pertença, pela sedução ao seguimento a Jesus, pois seguir Jesus é comprometer-se!

A Pastoral Familiar é o grande guarda-chuva que acolhe a todos sem distinção, ninguém fica de fora, nossa Igreja é linda e inserida no mundo não perde o olhar para todas as realidades; importante conhecer o que diz a Igreja e em Igreja caminhar de mãos dadas, para darmos respostas à luz da Verdade que liberta e juntos encontrarmos os rumos!

Formação é e será sempre uma urgência atual e necessária!  O Agente da Pastoral Familiar é desafiado a não só aprofundar os conhecimentos como também a assumir os valores cristãos para evangelizar e humanizar os relacionamentos familiares.

Que 2020 seja coroado por abençoados momentos de formação e espiritualidade!

 

* INAPAF/NFE - Regional Leste 2

 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS