Formação Bíblia
09/07/2021 CNBB Edição 3938 Dom Jacinto Bergmann: Animação Bíblica da vida e da pastoral
F/ CNBB
"Animar vem da alma, alma é aquilo que dá vida. Que tudo o que nós somos e o que fazemos tenha a palavra de Deus como a alma que dá a vida. É a palavra de Deus que deve dar vida a toda a nossa ação evangelizadora, a pastoral"

O mês da Bíblia, celebrado em setembro, proporciona a oportunidade de abordar diversos temas ligados à Palavra de Deus. Inspirado na Dei Verbum e no Documento de Aparecida, o arcebispo de Pelotas (RS), dom Jacinto Bergmann orienta, por meio de um vídeo, a atenção à Animação Bíblica da Vida e da Pastoral, que consiste na busca constante de ter a Sagrada Escritura como alma ou como vida de toda ação evangelizadora da Igreja, não simplesmente justaposta às outras pastorais, mas como fonte da animação da vida e da pastoral inteira.

Dom Jacinto também falou no vídeo sobre a caminhada da Pastoral Bíblica rumo à Animação Bíblica da Pastoral. De acordo com ele, foi o Concílio Vaticano II que lançou com “coragem” uma Pastoral Bíblica com a Constituição Dogmática Dei Verbum, “mas já teve nessa constituição, uma intuição de animação bíblica da pastoral. A Palavra de Deus é a alma da teologia, mas também é a alma da pastoral”.

Segundo o arcebispo, a pastoral bíblica prosperou e produziu muitos frutos. “Basta olhar o que se fez no Brasil em relação à Palavra de Deus, a Sagrada Escritura, a Bíblia após o Concílio”, disse.

“Aquela intuição do Vaticano II de uma Animação Bíblica da Pastoral nunca morreu, sempre esteve presente, mesmo um tanto na surdina, pois foi a Federação Bíblica Católica (Febic), também fruto do Concílio, espalhada nos cinco continentes, com um trabalho verdadeiramente intenso, para tornar concreta a Dei Verbum, que começou junto com a Pastoral Bíblica a dar vida a animação bíblica da pastoral”, afirmou dom Jacinto.

Especialmente a Federação Bíblica Católica da América Latina e Caribe (Febic-Lac), segundo dom Jacinto, teve um papel importante nesse “dar vida a animação bíblica da pastoral”. “Decisivas foram as últimas assembleias da Febic e todo o trabalho da fé que sempre apontaram cada vez mais para uma animação bíblica da pastoral”, disse.

Como resultado do processo da Febic e Febic-lac, dom Jacinto explicou que a Conferência Episcopal da América Latina e Caribe em Aparecida e o seu Documento de Aparecida abraçaram definitivamente a animação bíblica da pastoral.

“Precisamos de uma animação bíblica da pastoral um passo além da pastoral bíblica. A animação bíblica da pastoral não como uma pastoral justaposta a outras pastorais, mas uma inteira animação bíblica de toda a pastoral. Animar vem da alma, alma é aquilo que dá vida. Que tudo o que nós somos e o que fazemos tenha a palavra de Deus como a alma que dá a vida. É a palavra de Deus que deve dar vida a toda a nossa ação evangelizadora, a pastoral”, disse.

Confira o vídeo na íntegra:

 

Leia também:
Garantir água de qualidade: missão da Igreja
Rafael Luciani: "Chegou a hora dos leigos"

A vida de Lázaro também importa
Lei da ficha limpa - Nota de Repúdio
Igreja apostólica e sinodalidade
O processo de Escuta deve ser mútuo e transformador

"O diaconato de mulheres só precisa ser reconhecido..."

Para que serve um velho?

Precisamos de leigos como sujeitos eclesiais
Sinodalidade e espiritualidade

Catequese Papa Francisco: Introdução aos Gálatas

Sínodo vai exigir repensar as estruturas da Igreja
A irresponsabilidade das autoridades

Sínodo 2023: Equipe de animação do Brasil

500 mil vidas presentes em nossas vida
s
Uma vida doada aos esquecidos do mundo

Nota de solidariedade a Dom Vicente Ferreira

Toda vida importa: CNBB prepara mobilização

Oração para a Assembleia Eclesial

Ação na Pandemia

Uma Igreja Sinodal

Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão. 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS