Formação Catequese
20/12/2020 Virlene Mendes Edição 3931 Deus favorável, Deus a nosso favor!
F/ Arquivo O Lutador
"Trabalho de formiguinha, árduo e constante, fez surgir inúmeros grupos de reflexão da Palavra de Deus. Pessoas que semanalmente se reúnem em torno da Escritura, para buscar nela a iluminação para a vida cotidiana. É o movimento da Palavra iluminando a vida e a vida se deixando guiar pela Palavra."

Os anos 60 do séc. XX marcaram de forma contundente a história da Igreja Católica Romana. O impacto do Concílio Vaticano II (1962-2965), maior evento eclesial daquele século, reverberou e continua reverberando seus efeitos positivos.

Diante de uma Igreja “enrepolhada” sobre si mesma, autorreferencial (nas palavras do papa Francisco), testemunhou-se uma mudança vertiginosa, um movimento que apontava para um novo horizonte, um novo jeito de compreender-se e de ser Igreja. Eram os primeiros passos de um caminho novo, de ares novos que adentravam as janelas e portas do grande edifício eclesial.

A Constituição Lumen Gentium (LG) afirmou a eclesialidade de todos os batizados. A Igreja é o povo de Deus. A Constituição Gaudium et Spes (GS) provocava a Igreja a entrar em diálogo com o mundo moderno com suas conquistas, inovações e desafios. O Decreto Apostolicam Actuositatem (AA) afirmou o importante papel da ação dos cristãos leigos, que foram chamados ao protagonismo na vivência da sua fé. O Decreto Ad Gentes (AG) exortava todos os batizados a assumirem sua missionariedade.

“Naqueles dias, apareceu João... pregando”. Parafraseando o Evangelho de Mateus, naqueles  finais dos anos 60 do século XX, apareceu também outro João... que também pregava! O João da Silva Resende, mineiro de Dores do Indaiá.

João, nome que na etimologia hebraica traz a poesia do favorecimento de Deus. João (Iohanan) significa “Deus é favorável”.

João Resende, Missionário Sacramentino de Nossa Senhora (SDN), fazendo jus ao seu nome, pôs-se a serviço do favorecimento do conhecimento da Palavra de Deus a todos aqueles que eram chamados a lê-la e torná-la testemunho em suas vidas. Assumiu, junto com seu confrade Alípio Jacintho da Costa, o serviço de espalhar pelas comunidades da diocese de Caratinga os cursos do Natal, da Semana Santa, do Boa Nova I e II, de Cânticos Novos. Era o Movimento Boa Nova (MOBON) que estava nascendo para fortalecer as comunidades na vivência da fé.

Aos poucos esse trabalho foi se espalhando. O povo foi gostando de conhecer a Sagrada Escritura. Foi gostando de perceber como a Bíblia iluminava a vida; de como as lutas e conquistas do povo da Bíblia eram muito parecidas com as lutas e conquistas do nosso tempo.

A diocese de Governador Valadares também foi agraciada pela presença amorosa e profética do João Resende. Incontáveis cursos de Pré-Boa Nova, Boa Nova, Campanhas da Fraternidade e mês da Bíblia, dentre outras assessorias.

Esse trabalho de formiguinha, árduo e constante, fez surgir inúmeros grupos de reflexão da Palavra de Deus. Pessoas que semanalmente se reúnem em torno da Escritura, para buscar nela a iluminação para a vida cotidiana. É o movimento da Palavra iluminando a vida e a vida se deixando guiar pela Palavra.

Todo esse trabalho foi despertando os cristãos leigos nas comunidades para um senso crítico diante da leitura da Sagrada Escritura e diante da vida. Foi ajudando as pessoas se tornarem aquilo que Jesus recomenda em Mt 10,16: “sede prudentes como as serpentes, mas sem malícia como as pombas.” Ajudando-as a perceberem que fé e vida andam de mãos dadas; que não dá para dissociar uma da outra.

A diocese de Govenador Valadares tem uma dívida de gratidão para com esse grande missionário! O incansável trabalho do João Resende tem animado e fortalecido as comunidades eclesiais de base. À maneira paulina, João revitaliza e fortalece as comunidades eclesiais com sua presença e também com os vários materiais que tem produzido ao longo deste tempo – às vezes sozinho, às vezes em parceria.

Fazendo-se sempre muito próximo de todos, com uma linguagem simples, de fácil compreensão e recheada de imagens que ajudam a fixar a mensagem veiculada, João tem contribuído muito para o crescimento da Igreja particular de Governador Valadares. Seu ensinamento ajudou a despertar os cristãos leigos para a assunção de vários ministérios: como catequistas, participação nos conselhos paritários, participação na política partidária, nas pastorais sociais, nas Romarias das Águas e da Terra, no Grito dos Excluídos, nas várias empreitadas pela reivindicação e defesa de direitos, seja das pessoas ou da Casa Comum.

São 80 anos de vida e mais de 40 anos na fidelidade à missão recebida no batismo. São 40 anos caminhando pelo “deserto da História”, confiando no projeto da “terra que corre leite e mel”, a terra onde o Evangelho do Reino é testemunhado transformando as realidades.

As comunidades eclesiais da Igreja particular de Governador Valadares trazem a marca do serviço missionário do João Resende: trabalho de entrega, de dedicação, de fé enraizada na vida do Mestre Jesus de Nazaré que se fez pequeno e simples no meio dos pequenos e simples para anunciar algo grande e novidadeiro: a chegada do Reino de Deus.

O Movimento Boa Nova e as Comunidades Eclesiais de Base desta diocese muito têm aprendido com a envergadura desse missionário e muito têm a agradecer por tamanha dedicação no serviço de proclamar as boas novas do Evangelho de Jesus Cristo.

Nossa gratidão e homenagem ao João Resende por ocasião do seu aniversário natalício e do seus mais de 40 anos no discipulado-missionário da Boa Nova do Evangelho. Desejamos saúde, alegria e muita paz para continuar nos brindando ainda por muito tempo com sua presença acolhedora e profética e nos animando a continuar a caminhada no seguimento Daquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Parabéns João! Deus favorável, Deus a nosso favor!

 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS