Formação Missão
25/09/2021 Jaime C. Patias Edição 3940 Campanha “Eu não, Nós” discute “Migração e Povos Indígenas”
F/ By Jaime C. Patias
" Padre Josiah K’Okal destacou a importância de aproveitar a celebração do 107° Dia Mundial do Migrante e do Refugiado para dar visibilidade também, à vida dos migrantes indígenas mostrando suas lutas para preservar a identidade e promover sua cultura em outro território."

 

Videoconferência que acontece neste sábado, 25 de setembro, (16h30 às 18h00 – hora de Brasília) pretende visibilizar a odisseia dos indígenas que migram forçadamente e seus processos de organização na inserção em um novo território.

Por Jaime C. Patias *

A Videoconferência, neste sábado, 25 de setembro, incluiu análise de conjuntura, depoimentos de migrantes indígenas, entrevistas, vídeos, fotos e testemunhos. A iniciativa foi coordenada pelos Missionários da Consolata sob a responsabilidade dos padres Isaack Mdindile e Josiah K’Okal e foi transmitida em português e espanhol ao vivo pelo canal YouTube oficial da Campanha “Eu não, Nós”.

Participaram do evento, migrantes e lideranças Indígenas, à exemplo de José Lisardo Moraleda, Anibal Pérez, Fiorela Ramos, Nilda Moraleda, Leanny Torres, Deirys Ramos, Eulogio Baéz, Fidel Torres, Ainda Gómez, Biasy, Milly Yusneidy Rodriguez Rivero.

Participaram ainda, o Coordenador do Cimi (Conselho Indigenista Missionário) Regional Norte, Luis Ventura; e os padres da Consolata, Isaack Mdindile e Josiah K’Okal, da Equipe Itinerante que trabalha na acolhida aos migrantes indígenas em Boa Vista Roraima.

Com vários anos de convivência com os indígenas Warao na Venezuela e em Roraima, Padre Josiah K’Okal destacou a importância de “aproveitar a celebração do 107° Dia Mundial do Migrante e do Refugiado para dar visibilidade também, à vida dos migrantes indígenas mostrando suas lutas para preservar a identidade e promover sua cultura em outro território”.

O povo Warao vive uma odisseia

É a segunda maior população indígena da Venezuela que habita às margens do rio Orinoco no Estado Delta Amacuro onde trabalham os Missionários da Consolata em Tucupita e Nabasanuka. (Ver Documentário Odisseia Warao, de Paolo Moiola e Marco Bello). A região vem sofrendo os impactos de projetos desenvolvimentistas de exploração de recursos naturais que somados à crise econômica e política do país provocou o êxodo dos indígenas para países vizinhos.  Nos últimos anos, esse movimento tem aumentado e no Brasil, os Warao já se encontram em 17 estados. E não estão sozinhos: os indígenas Pemon,?Eñepa?e?Kariña, também estão migrando juntamente com milhares de venezuelanos. A odisseia Warao e dos migrantes continua.

Campanha “Eu não, Nós”

Inaugurada no dia 16 de setembro, a Campanha “Eu não, Nós” se estende até domingo, 26, Dia Mundial do Migrante e do Refugiado e está promovendo uma série de atividades que incluem reflexões, conferências, entretenimento, debates, formação e informação sobre o fenômeno das migrações e do refúgio. É uma iniciativa das Irmãs Missionárias Scalabrinianas e conta com a colaboração de uma Equipe formada por representantes de congregações religiosas, organizações, Igrejas, jornalistas, artistas e juventudes. O tema é inspirado na Mensagem do Papa Francisco “Rumo a um nós cada vez maior”.

A coordenadora da Campanha “Eu não, Nós”, Irmã Rosinha Martins, Missionária Scalabriniana e da Assessoria de Imprensa, explica que o objetivo “é celebrar a coragem e a esperança dos migrantes e refugiados, suas lutas e resistências; fazer ressoar a voz do Papa Francisco em favor dessa causa; impulsionar a consciência de que não é possível construir um nós, sem abraçar a diversidade por que essa construção passa necessariamente pela acolhida da individualidade na sua diferença. Acolhida ao migrante, à diversidade está interligada ao cuidado com o Planeta, nossa Casa Comum”, destaca a religiosa.

Serviço: Videoconferência sobre Migração e Povos Indígenas

Horário: 16h30 às 18h00

Responsável: Padres Isaack Mdindile e Josiah K’Okal, IMC

Participantes: Migrantes e lideranças Indígenas

 Leia também:
Poesia: o teu olhar
A vida não é mercadoria...

Redação: "Pátria Madrasta Vil"

O risco de instrumentalização do Cristianismo

Missão, Palavra, Serviço e Cuidado com a Criação

Manual Oficial para o Sínodo Bispos

Material para a V Jornada Mundial dos pobres

Ousadia para inculturar a fé e a espiritualidade
Trazer a verdade do que acontece

Pablo Richard: Força espiritual da Palavra de Deus

Somos um em Cristo Jesus

Na força da Eucaristia: XVII Capítulo Geral Sacramentino

Migrantes e refugiados: eu não, nós

Nós decidimos como tratar refugiados

Setembro mês da Bíblia

Parlamentares católicos na busca do diálogo

Sete anos da REPAM - Rede Eclesial Pan-Amazônica

Não ao Marco Temporal

Mensagem conjunta para o cuidado com a criação


Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.
 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS