Destaques Igreja Hoje
08/10/2021 Denilson Mariano Edição 3941 Assembleia Eclesial: um sopro do Espírito a partir de baixo
F/ REPAM
"A assembleia anseia trabalhar os desafios da Igreja na America Latina e no Caribe à luz da 5ª Conferência Geral de Aparecida, dos sinais dos tempos (cf. DAp 19) e do magistério de Francisco, a caminho do jubileu de 500 anos de Guadalupe (2031) e dos 2000 anos da redenção de Jesus (2033). Objetiva reacender a Igreja em chave sinodal, representativa, inclusiva e participativa. "

A ação do Espírito Santo é, em geral, silenciosa, mas constante e vigorosa, uma ação que se dá na história, a partir de baixo, dos últimos, dos pequenos e pobres, mas nem sempre acolhida pelos sábios e entendidos (cf. Mt 11,25-27). Uma ação já experimentada nas conferências episcopais latino-americanas e caribenhas ao recuperar a proximidade da Igreja com a situação de dor e sofrimento do povo, ao levantar a voz profética de denúncia das injustiças e anúncio do Reino de justiça e paz proclamado por Jesus. É neste sentido que esta assembleia eclesial, a se realizar nos dias 21 a 28 de novembro próximo, revela-se um sopro do Espírito a partir de baixo.

Ação silenciosa e contínua do Espírito

Esta assembleia eclesial nasce de um processo que se desenvolveu aos poucos. Com um breve olhar no retrovisor, percebemos um conjunto de ações e acontecimentos, no seio da Igreja, que culminam nesta iniciativa. Ela nasce da dinâmica do pontificado do papa Francisco. Ele, sem esquecer suas raízes argentinas e atento à Conferência de Aparecida, cujos reflexos podem ser notados na carta encíclica Evangelii gaudium, se guia por quatro postulados: "o tempo é superior ao espaço"; "a unidade prevalece sobre o conflito"; "a realidade é mais importante que a ideia"; e "o todo é superior à parte" (EG 221). Este acreditar mais em processos que em decisões particulares e decretos, na busca da unidade, com uma visão ampla, global, favoreceram o surgimento de vários passos novos que são frutos da ação do Espírito no seio da Igreja.

Um destes passos dados foi a realização do Sínodo da Amazônia que contou com uma dinâmica altamente participativa. Por meio da Rede Pan-Amazônica (Repam), realizou-se uma escuta atenta das comunidades, grupos e pastorais, em especial de indígenas e mulheres. Foi um acontecimento preparado e realizado de forma sinodal, com um olhar atento no cuidado com a ecologia integral com vistas a uma pastoral inculturada capaz gerar uma Igreja com "rosto amazônico" (QA 61, 77, 94).

Outro destaque foram os passos dados pelo Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) que, ao completar quinze anos da Conferência de Aparecida, pediu ao papa Francisco que permitisse a realização de uma nova conferência episcopal. Francisco sugeriu uma assembleia mais ampla e inclusiva, sem exclusão, de forma sinodal, com efetivo processo de escuta, a partir de baixo, dos povos, das comunidades, dos cristãos em geral. Neste desenrolar dos acontecimentos o próprio Celam propôs-se a fazer uma reformulação de seus estatutos na perspectiva de maior sinodalidade, de um efetivo "caminhar junto" de todo o povo de Deus.

Também a criação da Conferência Eclesial da Amazônia (Ceama), cujo estatuto está em processo de aprovação pelo Vaticano e se constitui um organismo que envolve todas as categorias do povo do Deus, onde todos sejam efetivamente membros e favoreça o exercício concreto da sinodalidade. Essas várias iniciativas criam condições para a assembleia eclesial, um fato novo no seio da Igreja.

Um novo processo na Igreja

É dentro deste quadro mais amplo que podemos compreender melhor esta assembleia eclesial como uma ação do Espírito a partir dos países do Sul, dos povos empobrecidos, da América Latina e do Caribe, com o envolvimento de todos, sobretudo das periferias geográficas e existenciais. Por ação do Espírito, esta assembleia inaugura um novo processo na trajetória da Igreja, mais amplo e mais representativo da totalidade do povo de Deus. Estamos acostumados a assembleias de bispos, do clero ou de leigos. O Espírito nos aponta uma Igreja mais sinodal, que recriando a prática da Igreja nascente, seja capaz de caminhar junto, de decidir conjuntamente, por meio da escuta atenta, com ampla participação. Será uma assembleia que reúne bispos, padres e leigos tendo por eixo a comum dignidade de todos e de cada um dos batizados.

A assembleia anseia trabalhar os desafios da Igreja na America Latina e no Caribe à luz da 5ª Conferência Geral de Aparecida, dos sinais dos tempos (cf. DAp 19) e do magistério de Francisco, a caminho do jubileu de 500 anos de Guadalupe (2031) e dos 2000 anos da redenção de Jesus (2033). Objetiva reacender a Igreja em chave sinodal, representativa, inclusiva e participativa. Quer reconectar as cinco conferências latino-americanas e caribenha e fazer uma releitura de Aparecida para relançar seus grandes temas. Para isso, o processo de escuta constitui a base principal de discernimento para os passos futuros a serem dados e o processo sinodal em que está sendo gestada, tem o seu ponto de partida e de chegada no Povo de Deus. Ela quer ouvir o maior número de pessoas com atenção especial para as periferias, quer responder às necessidades do povo, a partir de sua realidade concreta. Sempre procurando envolver sinodalmente a todos: leigos, religiosos, diáconos, padres e bispos. Em profundo cultivo da espiritualidade e espírito de oração que perpassa todo o processo de discernimento e respeito à diversidade.

Neste conjunto de acontecimentos que preparam e criam condições para a instalação desta assembleia eclesial vemos a presença e a ação silenciosa, constante e vibrante do Espírito. Uma assembleia que se mostra fecunda para a Igreja Latino-Americana e Caribenha e pode ajudar a fecundar a sinodalidade em toda a Igreja, uma vez que já estamos na proximidade da realização do Sínodo dos Bispos sobre a Sinodalidade (2023).

Ouvir o que Espírito diz à Igreja

Naturalmente o Espírito também desinstala, é o vento forte que derruba folhas e galhos secos, também espalha as sementes do novo. Naturalmente incomoda aqueles que não querem mudanças, aqueles que tiram proveito da presente situação e não têm ouvidos para o Espírito. Mas, para quem se abre ao clamor do Espírito no povo sofrido e nele presencia a voz de Deus, vê-se diante de um kairós, de um tempo de graça que pode fecundar profeticamente toda a Igreja para que ela cumpra, com maior vigor e determinação, a sua missão de ser sal, luz e fermento no mundo.

Este novo modelo de assembleia, baseado na escuta, cria condições para ouvir o que o Espírito fala à Igreja a partir de baixo, a partir dos pobres e marginalizados, pois pelo sensus fidei o Espírito se manifesta no coração e na vida do povo fiel de Deus. Quem tiver ouvidos, ouça o que Espírito fala à Igreja, a partir de baixo, a partir desta Assembléia Eclesial Latino-Americana e Caribenha (cf. Ap 2,11).

 

Siglas utilizadas:

DAp – Documento de Aparecida – Doc. conclusivo da Conferência de Aparecida.
EG – Evangelii gaudium – Carta encíclica do papa Francisco
QA – Querida Amazônia – Exortação apostólica pós-sinodal – papa Francisco

* Doutor em Teologia, membro do Grupo de Pesquisa de Teologia Pastoral da FAJE-BH, Coordenador do Movimento da Boa Nova -? MOBON.

Fonte: Dom Total

 Leia também:
Assembleia Eclesial, uma novidade...
Lançamento da SIREPAM

Domingo do Palavra

Risco de instrumentalização do Cristianismo
Migração e povos indígenas

Poesia: o teu olhar

A vida não é mercadoria...

Redação: "Pátria Madrasta Vil"

O risco de instrumentalização do Cristianismo

Missão, Palavra, Serviço e Cuidado com a Criação

Manual Oficial para o Sínodo Bispos

Material para a V Jornada Mundial dos pobres

Ousadia para inculturar a fé e a espiritualidade
Trazer a verdade do que acontece

Pablo Richard: Força espiritual da Palavra de Deus

Somos um em Cristo Jesus

Na força da Eucaristia: XVII Capítulo Geral Sacramentino

Migrantes e refugiados: eu não, nós

Nós decidimos como tratar refugiados

Setembro mês da Bíblia


Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.
 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS