Destaques Em cima da hora
13/07/2021 Lucimar Moreira Bueno (Lúcia) Edição 3938 8º Intereclesial das CEBs do Paraná
F/ Portal das CEBs
"Partilhar iniciativas existentes que expressam espaço de atuação desse jeito de ser igreja CEBs, povo de Deus a caminho, com a reflexão do momento que estamos vivendo, contexto sócio político e qual o contexto das juventudes dentro do contexto. "

Com o seu jeito de serem as Comunidades Eclesiais de Base, as CEBs do Paraná se alegram com o aproximar do 8º Intereclesial das CEBs do Paraná, que terá como tema “CEBs: Igreja em saída, na defesa da vida das juventudes!” e como lema “O meu desejo é a vida do meu povo! (Ester 7,3).

O 8º Intereclesial pela primeira vez não será presencial e sim na modalidade online, pela necessidade do distanciamento social, solidário com o cuidar, para que ninguém mais tenha sua vida tirada pela Covid-19.

A metáfora do 8º Intereclesial escolhida para proporcionar aos integrantes um ambiente familiar e afetuoso. Será uma grande festa familiar. As CEBs do Paraná – a personagem “Mãe Ester” – reunirão suas filhas e filhos, as dezoito dioceses do Paraná.

Serão cinco momentos onde a mãe irá ouvir, anunciar uma boa notícia e orientar, principalmente suas filhas e filhos mais novos, onde devem aplicar a boa notícia que ela vai dar, que é um valioso tesouro, sua herança, que não quer esperar morrer para distribuir, quer distribuir em vida, para que suas filhas e filhos usufruam o quanto antes. Mas, será usufruto e terá cláusulas restritivas.

Essa é a dinâmica do 8º Intereclesial das CEBs do Paraná. Sempre haverá a preocupação da mãe, em ouvir, fazer-se conhecido seu tesouro. As CEBs vão dialogar com os mais jovens, ouvir seus gritos de dores, alegrias e esperanças, levando-os a conhecer o seu tesouro e juntos descobrir o qual a melhor forma e espaço para continuar a aplicá-lo.

Partilhar iniciativas existentes que expressam espaço de atuação desse jeito de ser igreja CEBs, povo de Deus a caminho, com a reflexão do momento que estamos vivendo, contexto sócio político e qual o contexto das juventudes dentro do contexto. A preocupação e o esperançar da mãe.

A leitura do grande tesouro, a Bíblia, o grande tesouro acumulado que é a proposta do Reino, as parábolas desse grande tesouro, que Jesus veio para revelar e nos convocar para construirmos juntos.

Revelar que também faz parte desse tesouro acumulado, os documentos da caminha da Igreja povo de Deus, desde Concílio Vaticano II, Medellín a Puebla, Documento de Aparecida, documentos dos papas, de Francisco.

São muitos os tesouros que compõe o grande tesouro que a mãe quer doar em vida, mártires são parte desse tesouro acumulado, mulheres e homens defensores da vida que testemunharam e deram sua vida ou parte de sua vida para construir e cuidar dessa herança, desse projeto, desse jeito de ser igreja.

O Intereclesial acontecerá durante cinco dias. Serão três sábados – 03, 10 e 17 de julho – pela manhã e parte da tarde, de reflexões e trabalhos. Duas noites celebrativas – 02 de julho celebração de Abertura e 17/julho celebração dos Mártires e Defensores da Vida. As celebrações terão transmissão aberta pela plataforma digital YouTube.

A expectativa é a que as juventudes se sintam atraídas por essa proposta. Será lindo e uma grande festa o 8º Intereclesial das CEBs do Paraná.

Fonte: Portal das CEBs 

Leia também:
A vida de Lázaro também importa
Lei da ficha limpa - Nota de Repúdio
Igreja apostólica e sinodalidade
O processo de Escuta deve ser mútuo e transformador

"O diaconato de mulheres só precisa ser reconhecido..."

Para que serve um velho?

Precisamos de leigos como sujeitos eclesiais
Sinodalidade e espiritualidade

Catequese Papa Francisco: Introdução aos Gálatas

Sínodo vai exigir repensar as estruturas da Igreja
A irresponsabilidade das autoridades

Sínodo 2023: Equipe de animação do Brasil

500 mil vidas presentes em nossas vida
s
Uma vida doada aos esquecidos do mundo

Nota de solidariedade a Dom Vicente Ferreira

Toda vida importa: CNBB prepara mobilização

Oração para a Assembleia Eclesial

Ação na Pandemia

A Igreja no mundo urbano

Uma Igreja samaritana que chega aos recantos

Uma Igreja Sinodal

Procuram-se pessoas loucas...

REPAM e CEAMA, dois rios para a sinodalidade na Igreja


Acesse este link para entrar nosso grupo do WhatsApp: Revista O Lutador Você receberá as novas postagens da Revista O Lutador em primeira mão.
 

 

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS