Roteiros Pastorais Leitura Orante
22/12/2019 Denilson Mariano da Silva Edição 3918 “O Deus da revelação é o Deus dos vivos...” (Lc 20,38). Leitura Orante
F/ Pixabay
"O Deus que nos criou caminha conosco na busca do sentido da vida humana que é viver para Deus. "

 

  1. Situando o texto.

Os Saduceus faziam parte de um grupo de judeus religiosos mais conservadores na área da doutrina e que viveu no tempo de Jesus. Eles não acreditavam na ressurreição. Jesus nos fala sobre a ressurreição a partir do próprio Deus. Em Jesus, Deus nos revela o seu plano de amor. Vamos, com calma e atenção, ouvir o que o Senhor vem nos falar.

Cantando: Eis o tempo de conversão, Eis o dia da salvação. / Ao Pai voltemos, juntos cantemos, Eis o tempo de conversão.

 

  1. O que o texto diz em si.

Ler na Bíblia: Lucas 20,27-38

Chave de Leitura

  1. Qual a questão que os saduceus apresentam para Jesus? Como Jesus responde?
  2. De acordo com o texto: O que é Ressurreição?
  3. O que este texto diz para nós, hoje?

 

  1. O que o texto diz para nós.

- A pergunta dos Saduceus sobre a ressurreição dos mortos reflete também uma dúvida de muitas pessoas dos nossos tempos. Jesus explica que a Ressurreição não é a reanimação de um cadáver. O fundamento da fé na ressurreição está na fidelidade divina. Deus nos criou para participarmos da vida eterna juntamente com Ele. Ressurreição significa que todas as dimensões da vida serão transfiguradas à maneira do Cristo ressuscitado.

Cantando: Confiai, confiai não sabeis, qual o dia ou hora. Está perto a Salvação. Eis que vem o Senhor em sua glória. (bis)

- Deus é Deus dos vivos, o Deus dos patriarcas (Abraão, Isaac, Jacó) que estão vivos, ou seja, ressuscitados. Uma vida diferente da que temos neste mundo, pois a ressurreição não se sujeita ás leis e normas dessa vida. Jesus nos fala de um Deus fiel e que não deixará que a morte tenha sua última palavra. O Deus que nos criou caminha conosco na busca do sentido da vida humana que é viver para Deus. E quem está com Deus está sempre vivo. Amando-o estaremos com ele aqui e após a morte, na eternidade.  Deus sempre nos protegerá, e nos ajudará a crer na vida nova trazida por meio de Cristo...

Cantando: Confiai, confiai não sabeis, qual o dia ou hora. Está perto a Salvação. Eis que vem o Senhor em sua glória. (bis)

 

  1. O que o texto nos faz dizer a Deus?
  2. Senhor Jesus, Olhai para aqueles que governam os povos, a fim de que olhem com mais atenção para os pobres e necessitados, vítimas de enchentes, desastres ecológicos e discriminados por causa da raça, condição de vida e religião, nós vos pedimos.

Todos: Senhor, fortalecei nossa fé na ressurreição!

  1. Senhor, que sejamos anunciadores da fé na ressurreição e ajudemos aqueles que tem dificuldade de lidar com a perda de um ente querido, nós vos pedimos.

 (Outras preces espontâneas)

 

  1. O que o texto nos sugere para nossos dias?

O que podemos fazer para ajudar as pessoas que diante do drama da morte de um ente querido, tem dificuldade de crer na ressurreição?

 

  1. Tarefa Concreta

Participar das celebrações do tempo do Advento em sua paróquia ou comunidade.

 

Encerramento: Bênção Irlandesa

Que o caminho seja brando a seus pés, / O vento sopre leve em teus ombros. / Que o sol brilhe cálido sobre tua face, / As chuvas caiam serenas em teus campos. / E até que eu de novo te veja, / Que Deus te guarde na palma de sua mão! Renova Senhor a cada dia, a alegria de te servir e fazer o que é agradável a TI. Todos: Amém!

 

(Baseado em um texto da Neuza, Arquidiocese de BH)

Compartilhe este artigo:
Nome:
E-mail:
E-mail do amigo:
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS