0800 940 2377 - (31) 3490 3100 - (31) 3439 8000 assinaturas@olutador.org.br
A tentação da Igreja Participação ativa Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as) Chamados para uma missão Comitê de Bacia investe em saneamento

A tentação da Igreja

Carlos Scheid

Uma rápida varredura na História da Igreja permite identificar a tentação permanente que ronda o “pessoal da Igreja” – expressão de Jacques Maritain – quando a missão parece difícil, as barreiras se multiplicam e a solução aparente est…

Leia Mais

Participação ativa

Um dos princípios orientadores da reforma litúrgica do Concílio Vaticano II foi o da “participação ativa”, como lemos no número 14 da Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium [SC]: “É desejo ardente na mãe Igreja que todos os fiéis cheguem à…

Leia Mais

Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as)

O EMM nos dá um presente, que é viver o FDS, um verdadeiro encontro consigo, com o outro e com Deus, que nos mostra o caminho para a conversão com mudanças de atitudes, a escuta com o coração e com a decisão de amar sempre. Isto tem sido um porto seg…

Leia Mais

Chamados para uma missão

João da Silva Resende, SDN*

 

“Eu te segurei pela mão, te formei e te destinei para unir meu povo e ser luz das nações. Para abrir os olhos aos cegos, tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão os que moram nas trevas.” (Is 42,6-7.) Assim …

Leia Mais

Comitê de Bacia investe em saneamento

CBH-Manhuaçu conclui 16 Planos Municipais e agora acompanha sua implantação.

Passam-se os anos, trocam-se governos, novas políticas públicas são anunciadas e o saneamento básico segue um descalabro no Brasil. Embora seja um direito previsto na Const…

Leia Mais

Espaço do Leitor

Capa Revista“É com grande satisfação que faço parte desta data tão especial. Os 88 anos do Jornal, hoje Revista Católica O Lutador. Não apenas uma Revista, mas sim, uma grande força evangelizadora da Igreja Católica Apostólica Romana. Em prol da família e da fé cristã, é uma revista viva que se mantém através de histórias, de raízes lutas e conquistas.

Através de uma pessoa em especial que se doou ao desconhecido, aos necessitados. Que saiu pelo mundo pregando o Evangelho, trabalhando e concretizando sonhos. Que hoje, continua a fazer parte hoje da vida de pessoas que
nem sequer conheceu. Mas ele fez! E fez por amor!!! Nosso saudoso Padre Júlio Maria.

E com as suas três Congregações, que deram continuidade a este trabalho vivo e maravilhoso que, graças a Deus, permanece. E aos padres, bispos, irmãos seminaristas, freis, irmãs, colaboradores e funcionários como eu. Que não só
trabalho na sede da Revista, mas também faço um trabalho de evangelização. Eu muito aprendi com o nosso saudoso Frei Manoel, que hoje se encontra junto ao pai.

Através de Padre Júlio, muito se fez, muito se conquistou, pessoas tiveram e têm até hoje a oportunidade de trabalhar, de se formar, de mudarem sua história, as suas vidas, e assim gerou-se renda, emprego, trabalho, instituições, formações, oportunidades.

E esta Revista mantém viva as raízes desta história e desta Congregação, foi o início de tudo, foi o começo de toda a divulgação. Ela corre mundo a fora evangelizando e perseverando na nossa historia. Que chuvas de bênçãos sejam
derramadas sobre todos que contribuem e que, de alguma forma, fazem parte dessa história.

Paz e Bem!

Deixe uma resposta