0800 940 2377 - (31) 3490 3100 - (31) 3439 8000 assinaturas@olutador.org.br
A tentação da Igreja Participação ativa Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as) Chamados para uma missão Comitê de Bacia investe em saneamento

A tentação da Igreja

Carlos Scheid

Uma rápida varredura na História da Igreja permite identificar a tentação permanente que ronda o “pessoal da Igreja” – expressão de Jacques Maritain – quando a missão parece difícil, as barreiras se multiplicam e a solução aparente est…

Leia Mais

Participação ativa

Um dos princípios orientadores da reforma litúrgica do Concílio Vaticano II foi o da “participação ativa”, como lemos no número 14 da Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium [SC]: “É desejo ardente na mãe Igreja que todos os fiéis cheguem à…

Leia Mais

Um porto seguro para casais, sacerdotes e religiosos(as)

O EMM nos dá um presente, que é viver o FDS, um verdadeiro encontro consigo, com o outro e com Deus, que nos mostra o caminho para a conversão com mudanças de atitudes, a escuta com o coração e com a decisão de amar sempre. Isto tem sido um porto seg…

Leia Mais

Chamados para uma missão

João da Silva Resende, SDN*

 

“Eu te segurei pela mão, te formei e te destinei para unir meu povo e ser luz das nações. Para abrir os olhos aos cegos, tirar do cárcere os prisioneiros e da prisão os que moram nas trevas.” (Is 42,6-7.) Assim …

Leia Mais

Comitê de Bacia investe em saneamento

CBH-Manhuaçu conclui 16 Planos Municipais e agora acompanha sua implantação.

Passam-se os anos, trocam-se governos, novas políticas públicas são anunciadas e o saneamento básico segue um descalabro no Brasil. Embora seja um direito previsto na Const…

Leia Mais

Arco-íris

Maria   Não sei quem deu ordens para mexerem tanto no meu Céu-Menino, que até penso que vivi foi outra vida. Não sei quem deixou mexerem tanto no meu Céu-Indaiazeiro, que até penso que estive encantada por cem anos, e…

Leia Mais

Casinha-de-bem-querer

Maria “Casinha–de-bem querer, tão bonitinha, Tão bem feitinha Nenhum carapina sabe fazer...” (Folclore brasileiro) Não precisei procurar um carapina genial para fazer uma casinha daquelas que a gente só vê em livros de histórias. Dos antigos. Nem precisei procurar arquitetos…

Leia Mais

Lembranças juninas

Maria O mês de junho, muito mais do que quadrilhas e vestidos de chita, muito mais do que o aniversário de meu pai, lembra-me o mês do Sagrado Coração de Jesus, cuja imagem merecia meu carinho especial. Chegava de férias…

Leia Mais

Quintais rendados

Maio bordava os quintais de Estrela. Maio bordava a igrejinha de Estrela. Maio bordava o coração de Estrela. Nossos quintais eram rendados de sombras recortadas por pinceladas de filhotes de sol. À noite, quem bordava arabescos nos quintais estrelados, era…

Leia Mais
Biquinha

Biquinha

Hoje a nossa rua voltou a ter mão única. Gostei da iniciativa, porque o movimento ensurdecia as pessoas, tremia as casas e impedia velhotas de atravessá-la com segurança…

Leia Mais
Única Estação

Única estação

Estávamos em plena Semana Santa. As quaresmeiras roxas emprestavam seu símbolo de compaixão à cidade. Tudo lembrava a paixão e morte de Jesus. O ar era mais pesado, as rezas mais compungidas e os sinos batiam a Finados. Eis que,…

Leia Mais
Mulata-da-sala

Mulata-da-sala

“Esta crônica é para todos os meus leitores, especialmente para um, de Belo Horizonte, Pedro Francisco dos Santos, que me dirigiu palavras muito gentis.” Florzinha danada de dura! Nasce em qualquer cantinho seco, em qualquer quebradinho de parede... Meus canteiros,…

Leia Mais